Que a vida não te seja má

This reading was recorded by Alessandro Mistrorigo for Phonodia in Perugia, Italy, on the 2nd of Dicember, 2013.

Read by José Eduardo Degrazia on 2 December 2013

Que a vida não te seja má

Que a vida não te seja má.
Que a vida não te seja faca.

Que a vida muita vez é adaga
a marcar no teu peito a chaga.

Que a vida muita vez é amarga
no morar em teu peito a mágoa.

from Piano Arcano (Ed. Alcance: Porto alegre, 1999).

Share this Poem with your co-workers or friends